---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

cultura
Fundação Lagunense de Cultura irá funcionar temporariamente na Casa Candemil a partir de segunda-feira, dia 25

Publicado em 22/05/2020 às 13:54 - Atualizado em 22/05/2020 às 14:38

O imóvel foi construído em meados do século XIX, por Manoel José Dias de Pinho
Créditos: Taís Sutero/Gecom Baixar Imagem

Os trabalhos internos não param. A Fundação Lagunense de Cultura está realizando atividades virtuais e organizando projetos. Na próxima segunda-feira, dia 25, com maior espaço dentro das medidas de segurança diante da pandemia do Covid, a Fundação funcionará na Casa Candemil, no centro histórico, temporariamente. Nos últimos meses, a Fundação vinha funcionando no Centro Administrativo Tordesilhas. 

 

No prédio deverá funcionar o arquivo público municipal. O acervo histórico está em Curitiba sendo restaurado numa empresa especializada ganhadora de uma licitação realizada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

 

O arquivo deverá retornar para Laguna no início do ano de 2021. O acervo é constituído de documentos históricos, livros, jornais, certidões, atas e processos da comarca desde a sua criação.

 

“Como a Casa estava fechada, nós optamos por atender temporariamente no local, para que posso haver também a conservação do prédio”, descreve a presidente da Fundação Lagunense de Cultura, Mirella Honoratto.

 

O atendimento é das 13h às 19h, na rua Fernando Machado, atrás do Centro Administrativo Municipal, nas proximidades do Cine Mussi. Uso de máscara obrigatório. 

 

Prédio histórico

 

O imóvel foi construído em meados do século XIX, por Manoel José Dias de Pinho. Tem influências da arquitetura luso-brasileira e eclética, com alinhamento junto ao passeio. No início da década de 1990 o prédio arruinado e foi doado ao Iphan em 1997, que promoveu obras de restauração e instalou, em parceria com a Prefeitura Municipal de Laguna, o Arquivo Público Municipal Casa Candemil. 

 

Em 2018 passou por uma nova revitalização pelo Iphan, devolvido para o município em abril de 2019. Uma licitação foi realizada para a restauração do acervo histórico. 

 

 

Mostra virtual

 

A arte produzida por lagunenses terá uma mostra virtual com premiações de R$ 7,5 mil. A intenção é divulgar o trabalho dos artistas durante o período de isolamento social. A Fundação Lagunense de Cultura lançou dois editais: Um está chamando artistas interessados e o segundo uma produtora para elaborar os vídeos dos selecionados.

 

A ideia é contratar artistas, mestre do saber e produtores culturais que produzam artes digitais com propostas de lives, de apresentações, de mini documentários, de workshop, de challenge, de exposições virtuais, de contação de histórias e/ou poemas, entre outros, que possam ser divulgados via youtube e outras mídias sociais da Fundação Lagunense de Cultura, com o mínimo de 3 minutos de duração, que dialoguem com o tema Cultura para Igualdade, Diversidade e Inclusão” para uma mostra virtual com objetivo de divulgar as artes produzidas por lagunenses durante o período de isolamento social devido a pandemia do coronavírus.

 

As inscrições vão até 6 de junho no

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdjPAurHhEeQqpxO7uhiEs2wUL8ZYqlhgUcXahThynIlmOp3Q/viewform

 

 

Casa de Anita

 

Fechada para o público, o Museu Casa de Anita é uns dos pontos turísticos históricos mais visitados de Laguna, principalmente, por escolas através do chamado turismo pedagógico. Para continuar divulgando a cidade, sua história e Anita Garibaldi, a Fundação Lagunense deverá lançar nas próximas semanas, um tour virtual com fotos panorâmicas do museu. Uma forma também de contribuir com as aulas online de jovens e crianças de todo o Brasil neste período de Covid.