Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educação
Comitê Municipal de Gerenciamento da Pandemia inicia cronograma de trabalho para planejar retomada das aulas presenciais

Publicado em 08/01/2021 às 17:48 - Atualizado em 08/01/2021 às 17:48

Preocupados e atentos ao desafio da retomada das aulas presenciais em 2021, durante a pandemia da Covid-19, representantes do Comitê Municipal de Gerenciamento da Pandemia realizaram reunião extraordinária nesta sexta-feira, 8, na sede do Governo Municipal, com o objetivo de organizar o Plano de Contingência Municipal e o cronograma de trabalho.

 

Anunciada pelo Governo do Estado, as aulas na rede estadual já tem data marcada para recomeçar: dia 18 de fevereiro. De acordo com a Secretária Municipal de Educação, Juliana Fagundes de Carvalho Luz, o município deverá seguir o mesmo calendário. "Estamos muito atentos à necessidade de organizar da forma mais planejada e segura possível o cronograma de retomada das aulas. A responsabilidade é todos nós e precisamos ser cautelosos, eficientes e deixar todos preparados para esse momento", salientou a secretária da pasta.

 

De acordo com a lei estadual (Nº 18.032, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2020) as atividades educacionais nas unidades das redes pública e privada de ensino, passaram a ser consideradas atividades essenciais em Santa Catarina, ainda que em situação de emergência ou calamidade pública, durante a pandemia de COVID-19. Porém, é direito dos pais e responsáveis de optarem pela modalidade à distância, se disponível.

 

Segundo a secretária, durante o ano letivo de 2021, serão disponibilizadas aulas remotas e presenciais, com direito de escolha feita pelos pais e/ou responsáveis em toda a rede de ensino de Laguna, assim como de todo o estado de Santa Catarina.

 

Antes disso, o município deverá homologar nos próximos dias o Plano de Contingência Municipal de Prevenção, Monitoramento e Controle da disseminação do COVID-19 e redefinir as Comissões Escolares de Gerenciamento da Pandemia de COVID-19.

 

Tudo será feito seguindo as orientações das oito diretrizes sanitárias elaboradas pelo Governo do Estado, nas seguintes áreas: diretrizes de pessoas, pedagógica, de transporte escolar, sanitária, de alimentação escolar, comunicação e informação, finanças, treinamento e capacitação.

 

"Temos que priorizar em todas as orientações a questão da higienização adequada e frequente dos espaços, a formação de profissionais, o uso correto de máscaras e o distanciamento ideal", salienta Fagundes.

 

Dados do município:

 

A Secretaria Municipal de Educação faz a gestão de 22 unidades educacionais, que atendem 2.092 alunos. Ao todo são 40 escolas da rede municipal, estadual e privada.