Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

bemestaranimal
Abandonar animais é crime. Cresce o número de cães soltos nas ruas

Publicado em 23/02/2021 às 14:35 - Atualizado em 23/02/2021 às 14:38

Cinco filhotes foram abandonados Baixar Imagem

Na manhã desta terça-feira, a equipe da Gerência do Bem Estar Animal foi chamada devido o abandono de cinco filhotes na região do Laguna Internacional. “Estamos fazendo o possível, mas está crescendo muito o abandono”, descreveu a secretária da Pesca e Agricultura, Patrícia da Silva Paulino.

 

Abandonar ou maltratar animais é crime previsto pela Lei Federal nº 9.605/98. Vale lembrar que uma nova legislação, a Lei Federal nº 14.064/20, sancionada em setembro, aumentou a pena de detenção que era de até um ano para até cinco anos para quem cometer este crime. Além disso, o rito processual passa à vara criminal, não mais ao juizado especial.

 

Denúncias podem ser encaminhadas pelo 3644-0013, quem quiser doar rações também pode ligar para o mesmo número. As doações são encaminhadas para Ongs que cuidam de animais abandonados. 

 

Uma campanha deverá ser iniciada para nas próximas semanas. O Governo Municipal irá relançar o projeto Recicla Pet para juntar tampinhas plásticas que serão revertidas em esterilizações de cães.

 

O município também vai disponibilizar recursos para aumentar o número de cães castrados.

 

Passa a temporada de verão, os números de cachorros soltos na rua aumentam. Com a pandemia de coronavírus cresceu os animais domésticos abandonados.

 

O cenário é confirmado pela Gerência de Bem Estar Animal, que recebe denúncias de cães acoados e abandonados por veranistas e moradores.

 

Com problemas econômicos, da mesma forma como foram cortados gastos extras em todas as famílias, muitas também optaram por não ter mais seus animais de estimação.

 

Embora não haja estatísticas oficiais, uma estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que mais de 30 milhões de cães e gatos estejam em situação de abandono no Brasil.

 

A secretária da Pesca e Agricultura, Patrícia da Silva Paulino informa que projeto e propostas para um abrigo municipal existem, próxima etapa é conseguir recursos.

 

As especialistas recomendam uma reflexão antes de adotar ou comprar um animal doméstico. É importante fazer os seguintes questionamentos:

 

- Todos na família estão de acordo com a presença do animal?

 

- O animal terá onde ou com quem ficar quando o tutor for viajar?

 

- O animal terá um espaço adequado para dormir e brincar?

 

- O tutor terá tempo para fazer passeios e dar a atenção diária que o animal requer?

 

- Haverá condições de levar o animal regularmente ao médico-veterinário?